Atendimento Psicológico

A duração da terapia terá uma duração de 50 minutos e a frequência necessária ideal fica entre uma e duas vezes por semana, dependendo do caso. As sessões tem Depois de feitas as primeiras combinações, o/a paciente terá um horário fixo, que será só dele/a.

A primeira sessão é um atendimento muito importante de acolher, o momento em que vai ser um processo de escuta e compreender a demanda e contexto do/da cliente. É também o momento em que o/a cliente vai ter o contato com o terapeuta na primeira sessão de se sentir acolhido/a e compreendido/a.

A primeira sessão é um atendimento muito importante de acolher, o momento em que vai ser um processo de escuta e compreender a demanda e contexto do/da cliente. É também o momento em que o/a cliente vai ter o contato com o terapeuta na primeira sessão de se sentir acolhido/a e compreendido/a.

As iniciais sessões serão o um período de avaliações, tendo em vista junto com o profissional quais serão os objetivos reais de terapia para o sujeito. A terapia é um processo de construção na qual uma abordagem contratual de compromisso, paciente e psicólogo tem responsabilidades com o processo de mudança, com o objetivo de crescimento pessoal saindo da zona conflituosa de para onde se quer chegar, sendo que ao longo do caminho podem sempre haver mudanças desejada.

  • Crianças

A terapia infantil se da pela procura de seus genitores ou cuidadores até mesmo professores pode observar na criança alterações comportamentais anormais fora do comum.
Mesmo por mais que possam falar na maioria das vezes, sabemos que nem sempre conseguem dizer o que esta havendo ou sentindo. Indicar suas perturbações, pode aparecer através de mudanças de comportamentos bem como problemas de relacionamento, aprendizagem na escola como forma de mostrar que algo não está bem (dores físicas, dificuldade para dormir ou se alimentar). A busca por um atendimento psicológico auxilia na compreensão e fornecendo suporte para que acriança aprenda a lidar com suas emoções, sentimentos, pensamentos, bem como lidar com o objetivo de ajudar e compreender e tomar consciência de si. os mesmos. Importante deixar claro que mudanças de comportamento repentino podem ser sinais de pedidos de ajuda para que se possa entender o que está se passando com a criança.

  • Adolescentes

A terapia é pautada por diálogos entre esse adolescente que está muitas vezes em conflitos.. O processo de terapia para Adolescentes tem como objetivo promover confiança e parceria com o profissional, a fim de, melhorar a qualidade das relações consigo mesmo, familiares, ambiente escolar, amigos, e todas as suas relações com sua própria identidade que está em questionamento e construção na adolescência. Os conflitos muitas vezes são existenciais ou mesmo transtorno como depressão, ansiedade e pensamentos constantes de tentativas de suicídios pelas suas questões de seu viver.

  • Adultos e Idosos

A terapia para adulto e idosos é um processo que permite mudanças profundas em todos os sentidos. Nem sempre é tão fácil de lidar com as fases da vida. A terapia é uma ferramenta poderosa para ajudar as pessoas que têm dificuldade de se expressar e se relacionar. Ao longo das sessões, o profissional especializado irá ajudar o paciente a reconhecer as suas emoções e entender com o lidar com elas. Diante de situações conflitantes vivenciadas as dores emocionais precisam ser trabalhadas com um profissional. É um dia dedica a si na semana com o profissional para cuidar das aflições, medos. angústias, ttranstornos psicológicos como do pânico, fobias, depressão, obesidade, estresse pós traumático…. É um mergulho dentro de si mesmo. A partir da psicoterapia o cliente poderá retomar as suas rotinas ao lidar com a vida e seus conflitos a objetivar novos sonhos e desejos que ficaram diretamente adormecidos pelos conflitos.

  • Dependência Química

A dependência química é uma doença de contexto do sujeito Biológico, Psicológica, Social, cultural por este afetar em todos os sentidos da vida do dependente. O fator Alcoolismo e a Dependência Química são doenças crônicas biopsicossociais que em globa esse usuário. Não existe um só componente para ser um dependente ou herdado biologicamente, tem se notado os fatores psicológicos, sociológicos, culturais desse ser que passa a ser vítima de uma doença tão grave que precisa ser tratada com o apoio familiar. Tais problemas desempenham um grande papel na causa, no decorrer da consequência do vício, por isso esse usuário é capaz de trocar qualquer objeto pela substancia. aquela velha pergunta do porquê meu familiar é dependente? Não é fácil de ser respondida, a dependência da substancia costuma dar sinais quando está começando a se instalar a se tornando de uso o abuso.

A ajuda do psicólogo é indispensável nesse momento irá ajudar como lidar com suas questões pessoais e essa relação com a substancia que agora destoem a vida do usuário em todos os sentidos. É preciso falar para entender quem esse usuário , tornou-se dependente em drogas e precisa urgente de ajuda imediatamente.

A gravidade do abuso da relação com a substancia aparece gradativamente causando desastres em toda vida. O consumo iniciada na adolescência tem de imediato efeitos danosos na aprendizagem e comportamental permanece por toda a idade adulta. A terapia no caso da dependência química com psicólogo é inevitável, pois irá aprender estratégias emocionais e estratégias para diminuir a angústia e o mal-estar, de depressão, ansiedade, tentativas de suicídio ajudando o paciente a reconhecer os seus sintomas e do vicio
entender por que eles existem em sua vida. Esse processo é interessante porque faz a pessoa analisar as suas emoções e pensamentos por meio de outras perspectivas.